quarta-feira, 25 de abril de 2012

Um prêmio para completar a jornada - Melhor atriz coadjuvante SINPARC/USIMINAS


Faz muito tempo que não escrevo neste blog. A viagem para o sul do país foi apenas o início de uma longa turnê do Tio Vânia para mais de 18 cidades brasileiras e Roma, na Itália. Percebo que o Galpão é um grupo acostumado a estar na estrada. O cotidiano desses atores se divide em períodos de intensos ensaios em Belo Horizonte (durante a montagem de um espetáculo) e outro longo período de viagens. É claro que pessoalmente há ônus neste tipo de vida, como em várias outras profissões, a distância da família é o pior deles. No meu caso, quando não estava viajando, tive que me desdobrar para cumprir minha carga-horária e todas as minhas atribuições na UFMG, o que fez com que não tivesse tempo para nada. Ainda assim, vivi um dos melhores momentos da minha vida, apresentar Tchékov em Roma ou em Porangatu (norte de Goiás), apenas para citar alguns exemplos, é uma honra e uma alegria. A convivência com todos os atores, técnicos e produtores do grupo foi sempre muito agradável e fiz bons amigos nesta viagem à Théckov.

Neste primeiro semestre de 2012 ficamos em BH com três temporadas. A primeira na Campanha, no SESC Palladiu, a segunda está acontecendo agora no Oi Futuro e há uma última, no final de junho, no Cine-Horto. Depois iremos à SP e RJ dentro da programação dos 30 anos do grupo e em outros festivais e eventos. O Tio Vânia continua em repertório, para minha felicidade.

Completando esta alegria e esta honra que foi e é trabalhar com o Galpão com a direção da Yara, ontem recebi o prêmio SINPARC/USIMINAS de melhor atriz coadjuvante pela Sônia do Tio Vânia.

Dar vida à Sônia me encheu de alegria e, ao mesmo tempo, de receio. É um personagem forte com um texto final que é um dos mais belos da literatura universal. Dentro deste contexto de tanta qualidade, minha responsabilidade era grande e o que tratei de fazer foi trabalhar, trabalhar e trabalhar para que a inspiração, se viesse, me pegasse com as mãos na massa, à exemplo de todos meus colegas de elenco. Por isso este prêmio vem para completar a sensação de ser afortunada por ter tido esta oportunidade, por isso agradeço à comissão do SINPARC/USIMINAS.

Obrigado ao Galpão, à Yara de Novaes e à toda equipe do Tio Vânia. Obrigada à UFMG por dar condições de que seus professores continuem uma carreira artística. Obrigada à minha família pelo apoio e por suportarem minhas ausências.

Um comentário:

Sandra nogueira disse...

Mariana, e agora a conquista das bolsas do PIBID.
Vamos em frente.